Vibradores Diversos

Comparar Produto

Vibradores Diversos

Hoje, vibradores , este é talvez o brinquedo sexual mais famoso e popular. E não é surpreendente. Há muitas razões objetivas pelas quais eles ganharam reconhecimento entre as mulheres ... e até mesmo os homens. Portanto, quase todos os outros representantes do sexo frágil têm um vibrador em sua mesa de cabeceira e, muitas vezes, nem mesmo um. E a porcentagem de mulheres que compram um acessório tão íntimo cresce a cada ano. E o mais interessante - os vibradores são usados ​​por pouco mais de 60% das mulheres casadas ou com um parceiro permanente! Uma questão lógica surge: qual é a razão disso?

Para começar, será interessante conhecer a história da aparência do vibrador. No século XIX, na Europa, os distúrbios nervosos nas mulheres, bem como a irritabilidade e a saúde debilitada, foram massivamente diagnosticados pelos médicos como "histeria". No entanto, dada a sociedade conservadora da época, e especialmente as suas camadas mais altas, onde a mulher tem sido sempre em segundo plano, e até mesmo na cama, desempenham papel "objeto" para a gratificação do sexo masculino, o homem moderno não é difícil entender o que poderia ser conectado .

Durante outro exame médico de uma mulher com tais sintomas, um médico britânico acidentalmente levou-a ao orgasmo. Como consequência - uma melhora imediata no bem-estar do paciente e seu desejo de marcar uma consulta para outro compromisso. Graças ao "boca a boca" entre seus clientes, cujo número começou a aumentar como uma avalanche, o médico começou a entender qual era o problema e colocou o método em um "pé amplo". Massagem de órgãos íntimos para uma dama, começou não só ele, mas também seus assistentes e enfermeiros. Mas mesmo isso levou muito tempo e esforço. Para isso, o médico pensou na invenção de um dispositivo eletromecânico, que deveria facilitar seu trabalho e "curar" pacientes mais agradecidos. Então o primeiro vibrador apareceu, o qual, apesar de seu enorme tamanho, lidou perfeitamente com sua função. 

Outros negócios permaneceram apenas para o progresso, e logo os vibradores começaram a assumir uma forma mais compacta. No início do século passado, os Estados Unidos, como um criador de tendências em tudo, começaram a popularizar os vibradores através dos primeiros filmes pornográficos, e depois, incluindo-os em um conjunto de todos os eletrodomésticos. Ainda assim, em 50-60 anos, vibradores inundaram todas as sex shop, começaram a adquirir a forma familiar, cor, etc. 

Até à data, vibradores - este é um grande nicho de dispositivos sexuais. Existem inúmeras formas, tamanhos, funções, materiais dos quais são feitos, modificações, cores, etc. Vibradores deixaram de ser projetados apenas para estimular a vagina. Agora, eles são apresentados na forma de vaginal, anal, para estimulação do clitóris, mamilos e até mesmo da uretra. E tudo isso - levando em conta os dados anatômicos.

É por isso que, apesar da moderna liberdade de maneiras, da permissividade sexual e de muitas maneiras de satisfazer suas necessidades fisiológicas, os vibradores continuam a ganhar popularidade merecida não apenas entre as mulheres solteiras, mas também entre casais e homens. Existem muitas razões para isso. E nenhum deles, não concede em sua importância outro.

1. Para algumas mulheres, vibradores, às vezes é a única maneira de atingir o orgasmo. Isso pode ser devido a uma ausência temporária de um parceiro e a uma falta banal de tempo.

2. Para muitos casais, vibradores, esta é uma oportunidade para diversificar sua vida íntima. Por exemplo, um parceiro pode experimentar a alegria da dupla penetração quando um vibrador acaricia sua vagina ou ânus, e um homem pode penetrar em outro buraco ou fazer sexo oral com ela.

3. Devido às características fisiológicas, quando o ato sexual ou estimulação manual, não pode exercer influência suficiente necessária para atingir o orgasmo. A razão para isso pode ser nascimentos anteriores, estado emocional, etc. E vibradores, especialmente com um nível ajustável de intensidade, são capazes de levar uma mulher ao pico da felicidade em poucos minutos com suas delicadas carícias.

4. Mais e mais vibradores populares, controlados por um telefone celular. Normalmente, estes são monoblocos colocados na vagina debaixo da calcinha, iniciando seu trabalho em um comando de uma aplicação móvel, que pode ser dada tanto pela própria mulher quanto por seu homem, estando à distância. Tais vibradores abrem novas possibilidades nos prazeres sexuais, acrescentando-lhes uma sensação tão intrigante de surpresa e picante, não dependendo de onde e em que lugar estão os parceiros.

Com base no exposto, podemos dizer com confiança - um vibrador, é parte integrante de uma vida sexual plena, e seu uso, não só ajuda a atingir mais rapidamente o orgasmo, mas também permite que você alcançar a harmonia entre canteiros!